Startup: Bomba Nuclear ou Oportunidade de Futuro?

Por Tiago Bezerra

Acompanhar os jornais nas últimas semanas não tem sido muito agradável àqueles que sofrem com os tempos de crise do mercado atual. São vários os exemplos de que a instabilidade que assombra o Brasil ainda não tem data de validade para vencer. E não paramos por aí. As etiquetas dos supermercados marcam valores cada vez mais altos, os impostos não perdoam e ainda tem toda aquela politicagem sobre “ajuste fiscal” acontecendo no planalto.

Parece tudo tão difícil de ser compreendido ou, pior, superado. Mas não é. Tempos difíceis não exigem medidas desesperadas. Exigem medidas criativas!

A Criatividade das Startups

O termo inglês Startup pode parecer uma bomba atingindo nossos tímpanos quando escutado pela primeira vez, mas nada mais é do que ter uma ideia boa, inovadora, e fazer dinheiro com ela. Assim soa bem melhor, não é mesmo?

Entretanto, como tudo na vida, o que fácil vem, fácil vai. O sonho de ser o seu próprio patrão não pode ser alcançado do dia para noite, a menos que você disponha de muito dinheiro a ser investido de repente. Mas, neste caso, não estaríamos falando de “tempos de crise”, certo? Tomemos como ponto de partida a situação hipotética em que você tem a grande ideia de criar um aplicativo para celulares que indica a localização exata de onde seu carro foi estacionado no shopping. Quantas pessoas sofrem com este mal? Muitas. Seria útil? Bastante. Você já conheceu algum aplicativo parecido? Ainda não. Opa, temos então uma boa iniciativa!

Em segundo lugar, você já teve algumas aulas de informática, mas não sabe ao certo como criar um aplicativo. O pouco capital que dispõe não seria o suficiente para investir numa escola de computação a esta altura do campeonato. Mas se lembra daquele colega que tem certas noções e poderia colaborar no projeto? Exatamente. Se for alguém de confiança, pode auxiliar muito. Quem disse que uma Startup não pode significar um grupo de pessoas trabalhando em prol de um benefício em comum? Startup é sinônimo de colocar uma empresa em pleno funcionamento, mesmo que não em carreira solo. Trabalho em equipe pode ser muito vantajoso.

É evidente que, sem noções de administração e empreendedorismo, a “ideia do aplicativo para carros perdidos em estacionamentos de shopping” não poderá funcionar muito bem. Mas não se preocupe! Mesmo em tempos de crise, ainda há órgãos dispostos a ajudar. O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) pode e deve ser consultado sempre que necessário, pois o seu futuro representa o progresso de toda a nação. É de interesse de todos que seu negócio prospere.

Desta forma, caro leitor, a única postura inaceitável em momentos de crise é chorar o leite derramado. Até mesmo porque a produção do leite também não está muito em conta. Vá à luta, confie e prove seu potencial! Ser empreendedor é valorizar seu lado mais profissional.

 

Foto: innorobo.com

Data: 26/08/2015

Voltar

Fale conosco

Formas de Pagamento

Criado por Sites & Cia

2020 | Click Textos - Agência de Conteúdos