A tecnologia da Fé

Por Amanda Pereira

Não é novidade que a tecnologia está cada vez mais incorporada ao dia a dia do homem moderno. É raro encontrar alguém que não esteja em contato direto com dispositivos eletrônicos e aparatos tecnológicos. O ser humano criou um forte laço de dependência com eles e, devido a isso, seus hábitos e crenças acabam sendo adaptados.

A religiosidade também é um fator que está intimamente ligado ao homem, e não é de se estranhar que com a tecnologia, cada vez mais forte e presente, ele seja influenciado em suas novas práticas na sociedade moderna.

No passado era comum que houvesse uma desconfiança para com os novos tempos e inovações que, em uma leitura arcaica, distanciariam cada vez mais o homem de seu Deus. Hoje, as igrejas perceberam que a chamada Era Digital pode, ao contrário do que se pensava, aproximar o seu fiel da religião.

Vários são os meios que dispomos para diminuir a distância entre a religiosidade e nossos novos hábitos e costumes. As chamadas velas virtuais são um grande exemplo disso.

Diversos sites disponibilizam velas virtuais que imitam a aparência de uma vela real e quando acesas virtualmente diminuem de tamanho conforme o tempo passa, tal qual o objeto físico. Esse produto eletrônico se popularizou na rede e várias pessoas que não têm tempo para ir ao santuário ou templo de sua religião aderem a essa prática simplificada.

Aplicativo iFé e outras tecnologias

Outra inovação que a tecnologia traz à religião é o chamado iFé. É um aplicativo que foi desenvolvido para atender uma demanda de público que busca estar em contato constante com a igreja. Ele foi lançado no começo do mês de agosto no Salão Internacional Gospel, uma feira exclusiva do segmento religioso evangélico; e agrega vários serviços similares ao WhatsApp, Facebook e Foursquare.

Além disso, ainda é possível pagar o dízimo através do próprio aplicativo. O fiel fica conectado à igreja 24 horas por dia e pagando uma taxa de 20 reais por mês tem acesso a conteúdos exclusivos, como consultas da Bíblia online, canais de comunicação direta com pastores e canais de vídeo e áudio com transmissões religiosas.

Todos os aplicativos prometem aproximar o fiel de Deus, mas não podemos deixar de lado o espaço que a religião ocupa nas emissoras de TV. Vários são os canais que se dedicam à programação religiosa sete dias por semana, com transmissões de missas, cultos e shows da fé. Há em algumas emissoras horários reservados unicamente para evangelizações.

Canais especializados no assunto transmitem programas em que o fiel tem a oportunidade de dar depoimentos, assistir reportagens especiais e se comunicar diretamente com seus religiosos. Com o novo processo midiático pelo qual passamos, a religião encontrou um nicho onde consegue aumentar o alcance de suas pregações, expandir suas ideias e estreitar o relacionamento com seus fiéis.

A expressão religiosa física e presente ganha uma aliada com a tecnologia, que se propaga através dos mais variados meios de mídia. Cabe ao fiel escolher o meio que mais lhe agrada e lhe é mais conveniente.

Foto: reprodução iGospel

Data: 01/09/2015

Voltar

Fale conosco

Formas de Pagamento

Criado por Sites & Cia

2020 | Click Textos - Agência de Conteúdos