Conteúdo, UX e SEO: as bases para uma estratégia de sucesso!

Por Juliana Miranda

Ter uma estratégia de marketing digital bem-sucedida passa, obrigatoriamente, pelo uso combinado da produção de conteúdo, UX (Experiência do Usuário) e SEO (Otimização para Mecanismos de Buscas).

Criar conteúdo e desenvolver ideias são ações que devem levar em consideração a experiência dos usuários. É preciso entender o que o público espera e deseja ouvir de uma marca. Além disso, as técnicas de otimização dos conteúdos também devem estar presentes em cada texto desenvolvido, com o objetivo de ranquear sites e blogs no Google e em outros buscadores com mais efetividade.

Diante disso tudo, sempre surge aquela perguntinha básica: como fazer o SEO e o UX trabalharem juntos e de forma eficiente nos conteúdos? É isso que vamos explicar neste artigo. Vem com a gente?

Se você não trabalha com conteúdo, UX e SEO, seu negócio está perdendo tráfego orgânico e potenciais clientes!

Todo trabalho de produção de conteúdo deve ter como foco o usuário. Cada visitante que acessa o seu site, e-commerce ou blog precisa ter uma boa experiência com a página e o conteúdo disposto.

A equação para o sucesso está, portanto, na integração equilibrada de um conteúdo de qualidade desenvolvido para os leitores com o uso de técnicas que favoreçam o ranqueamento de acordo com o algoritmo dos buscadores.  Entender o comportamento do usuário, suas expectativas e necessidades, é fundamental para criar conteúdos qualificados, relevantes e com impacto.

Outro ponto essencial é entender quais são os melhores formatos para cada público. Seus consumidores estão em busca de conteúdos densos e aprofundados ou querem apenas dicas rápidas? Eles gostam de ler ou preferem vídeos? Entender o público é o primeiro passo para conquistar relevância com marketing digital.

Nas melhores práticas de content marketing, a estratégia de conteúdo é feita com a definição das palavras-chave relevantes para cada negócio. A partir dos termos usados pelos usuários em suas buscas, já é possível ter uma ideia do perfil dos consumidores e o que eles precisam e desejam saber sobre os produtos ou serviços que a sua empresa oferece. Além disso, as palavras-chave também indicam quais são os problemas para os quais os clientes estão pesquisando soluções.

Tenha em mente que cada página de conteúdo deve ter um objetivo preestabelecido, direcionado ao usuário e sua demanda. A linguagem deve estar adequada, assim como o uso das palavras-chave na densidade correta em cada texto.

Outro ponto importante é conhecer o tipo de plataforma de acesso que detém a preferência do seu público. Seus consumidores acessam conteúdo pelo notebook, pelo tablet ou pelo smartphone? Com essa informação, é possível saber quando é hora de investir em um site responsivo, com versão mobile e com layout apropriado para cada tipo de acesso. A maneira como o usuário navega, a velocidade de carregamento das páginas e a forma como os conteúdos são oferecidos também são determinantes para o sucesso de uma estratégia de marketing de conteúdo.

Na prática, o que isso tudo significa é que, para ranquear e conquistar o público, seu blog deve ser feito com pautas atraentes, abordando temas que contribuam para o seu posicionamento no Google, com palavras-chave usadas da forma correta, com conteúdos exclusivos e postados em uma plataforma que garanta a boa experiência do usuário.

Pesquisar os gaps de conteúdo do seu site, ou seja, os temas que são relevantes e que você ainda não abordou, também ajuda a produzir conteúdo relevante. Definir a pontuação de cada palavra-chave, de acordo com o volume de buscas mensais, é outra maneira de direcionar os esforços de conteúdo para metas reais.

Saiba quem é seu leitor e escreva para ele, com proximidade, intimidade e qualidade. Uma dica importante: se você deseja ranquear um conteúdo de forma orgânica a partir de palavras-chave que são extremamente concorridas, invista em artigos com aproximadamente 2 mil palavras. Existe uma estimativa que indica que a conquista da primeira página do Google se torna mais rápida e efetiva com a publicação de textos que possuam 1890 palavras cada.

Conteúdo para ranqueamento no Google

Ao escrever um artigo, analise os seguintes fatores: o texto tem fluidez e legibilidade, a otimização semântica de busca está correta? Primeiro, o seu conteúdo precisa ter uma boa percepção visual para o leitor, e isso tem relação com a formatação do texto.

Cada parágrafo deve ter, em média, de três a quatro linhas. Evite sentenças complexas, simplifique a linguagem, use boas fotografias e garanta que a gramática e a ortografia dos artigos estejam impecáveis, sem erros.

No que diz respeito ao conceito da busca semântica, do Google, tenha em mente que o buscador avalia a relação entre cada palavra-chave para definir quais resultados ele vai mostrar primeiro ao usuário. Escolha termos relevantes para usar na composição dos textos.

O funcional precisa ser emocional!

Recentemente, ouvi uma frase em um webinar que faz todo sentido no universo da produção do marketing de conteúdo: o funcional precisa ser emocional! Isso significa que qualquer estratégia criada e implementada para atrair um público-alvo no universo digital deve ser feita com foco na funcionalidade e também na emoção, principalmente quando falamos de conteúdo. Por isso, é extremamente importante saber abordar o leitor e usar a linguagem adequada para impactar, envolver, entreter e emocionar.

Quer produzir e publicar textos que conquistem o seu público? Converse com a equipe da Click Textos. Envie um e-mail para contato@clicktextos.com.br e saiba mais!

 

Data: 06/06/2019

Voltar

Fale conosco

Formas de Pagamento

Criado por Sites & Cia

2019 | Click Textos - Agência de Conteúdos