Guia Completo de Marketing de Conteúdo 2020

Guia Completo de Marketing de Conteúdo 2020

Tudo o que você precisa saber para criar conteúdos de sucesso e engajar sua audiência em 2020!

O marketing de conteúdo vem sendo uma das estratégias mais importantes de engajamento de audiências nos últimos anos, além de ser a base para todas as ações do funil de vendas, desde a captação do lead até a conversão e o estabelecimento de um relacionamento forte com o cliente.

Todas as empresas com boa presença digital investem em conteúdo, em seus diferentes formatos: e-mail marketing, blog posts, newsletter, landing pages, webinars, redes sociais, vídeos, stories, entre outros.

O que o marketing de conteúdo faz é ajudar as empresas a construírem uma personalidade, uma voz e uma autoridade na internet, comunicando ao público tudo o que é realmente importante sobre um produto ou serviço. Os principais objetivos do marketing de conteúdo dentro das ações de inbound marketing são:

Neste Guia Completo de Marketing de Conteúdo 2020, nosso objetivo é apresentar a você como as estratégias de marketing de conteúdo funcionam na prática e como elas podem, e devem, ser implementadas por todas as empresas digitais.

Não importa se você tem um pequeno negócio, vende produtos pelo Instagram ou está à frente de um grande e-commerce, o Marketing de Conteúdo terá que fazer parte do seu planejamento de comunicação digital.

O marketing de conteúdo te ajudará a alcançar o público-alvo de uma forma diferenciada e encantadora, com o objetivo de aumentar a sua rede de potenciais clientes e, consequentemente, melhorar os resultados do seu negócio. Veja tudo o que você vai aprender neste guia de marketing de conteúdo da Click Textos:

Conteúdo que educa e engaja clientes

O Marketing de Conteúdo está baseado em produzir, de maneira consistente e com qualidade, artigos úteis e interessantes para blog, vídeos, posts para as redes sociais, fotos, e-books, newsletter, infográficos, stories, landing pages, e-mail marketing e vários outros modelos de conteúdos que possam educar e engajar clientes.

Saber o que é marketing de conteúdo é muito importante, pois, assim, as empresas conseguem entender o poder dessa estratégia de comunicação. Com conteúdos úteis, relevantes e que geram reconhecimento de marca, todo negócio pode aumentar suas conversões e seu lucro.

As etapas do marketing de conteúdo são: planejar, produzir, publicar e compartilhar conteúdo de qualidade. Como consequência de uma produção de conteúdo consistente, as empresas conquistam:

Se o seu negócio está em busca de resultados digitais, mas ainda não sabe exatamente o que é marketing de conteúdo e como ele contribui para as ações online, leia este guia até o fim. Prometo que vai valer a pena, pois aqui está absolutamente tudo o que você precisa saber! Boa leitura!

O que é marketing de conteúdo?

O marketing de conteúdo surgiu quando a John Deere, uma marca de tratores, resolveu publicar uma revista chamada “The Furrow”, com informações que realmente fossem úteis para os clientes.

O objetivo não era “forçar” uma venda, como faziam as técnicas de propaganda mais tradicionais e praticadas até então. A intenção da equipe de comunicação da marca era outra, era praticar exatamente o que atualmente acreditamos que seja o marketing de conteúdo: educar, informar e criar autoridade.

Sabe em que ano estes profissionais do ramo de comunicação, mesmo sem saber o que era marketing de conteúdo, estavam executando as primeiras campanhas com este novo modelo de abordagem ao cliente? Em 1895! É isso mesmo, o marketing de conteúdo já existe há mais de 125 anos.

Naquela época, os profissionais mais antenados já estavam percebendo que era preciso fornecer um material rico em informações sobre os tratores para influenciar a decisão de compra de potenciais clientes. Muitas dúvidas e dados interessantes sobre os equipamentos podiam ser abordados no Marketing de Conteúdo para gerar vendas. Veja alguns exemplos:

Enfim, sem saber o que era marketing de conteúdo, há mais de 100 anos, uma empresa resolveu investir em informações de qualidade para falar de maneira mais profunda e abrangente sobre seu nicho de mercado. É claro que nem passava pela cabeça dessas pessoas que elas estariam criando a base para o que hoje chamamos de marketing de conteúdo para o mercado digital.

Marketing de Conteúdo: o que é conquistado com essa metodologia

Os conteúdos são usados de forma planejada dentro do chamado funil de vendas, que consiste exatamente em todas as etapas que um cliente percorre desde o momento em que ele se interessa por um produto até o momento em que ele efetivamente compra esse produto. Os conteúdos têm um peso importante na decisão de compra, pois são usados para atrair, educar, entreter, informar, encantar e vender.

O conteúdo de qualidade também ajuda a criar uma espécie de comunidade ao redor da sua marca, com pessoas que gostam do seu produto ou serviço e que passam a atuar como embaixadoras da sua empresa, propagando seu nome para outros consumidores em potencial.

Nós, que somos especialistas em marketing de conteúdo, percebemos como o consumo de informação é importante no processo de vendas. Um cliente bem informado sobre um produto tem muito mais chances de consumi-lo.

Uma marca que produz e distribui conteúdo com frequência em seus canais digitais estimula o público a interagir, compartilhar, perguntar e pesquisar sobre os produtos oferecidos.

Uma vez que o cliente tenha todas as informações sobre seu produto na ponta da língua, ele se torna fidelizado e vai fazer a propaganda espontânea da sua marca, destacando os benefícios e diferenciais de um produto ou serviço, resultando na prova social. Ou seja, seus clientes vão opinar e comentar sobre sua empresa, e o depoimento de um cliente satisfeito vale ouro!

Antes do inbound marketing se tornar a base para as estratégias de marketing digital e vendas, havia pouca ou nenhuma interação genuína entre empresa e cliente. Com o avanço da internet e das redes sociais, este sistema que busca a conexão entre marca e potenciais clientes, baseada no interesse real, passou a permitir uma comunicação mais profunda e de mais qualidade.

A troca hoje é muito maior, as pessoas querem ser reconhecidas pelas empresas como clientes. Aquele público passivo, que consumia informações no rádio, na TV e nos jornais, não existe mais, ou está em extinção. Atualmente, o valor de uma marca também é medido pela capacidade de interação humana que ela estabelece com seu público.

Com o marketing de conteúdo, o cliente passou a ser considerado como um dos ativos mais importantes das empresas, merecedor de atenção e de uma comunicação personalizada. Afinal, é o cliente que tem a decisão de compra.

Vamos agora saber o que é marketing de conteúdo na prática? Tenha em mente que essa estratégia tem como objetivo criar e entregar um conteúdo rico, consistente, valioso e informativo para a sua audiência.

Como funciona o marketing de conteúdo na prática?

O marketing de conteúdo, como conhecemos hoje, foi criado e desenvolvido para os canais digitais. Ou seja, ele funciona nas novas mídias que existem na internet, como nas redes sociais, nos blogs, nos sites, landing pages, canais de vídeo, podcasts, etc.

Em redes como Instagram, Facebook e LinkedIn e nos blog posts, como este aqui que você está lendo, o conteúdo é essencial, já que ele é a base para uma boa comunicação. O mesmo vale para os vídeos no YouTube, que estão ficando cada dia mais profissionais e inseridos de maneira inteligente em ações de inbound marketing.

Na prática, o marketing de conteúdo busca entregar informações de valor para as pessoas que seguem você ou sua empresa. Os conteúdos em texto, vídeo, imagem, infográfico e outros formatos podem ser compartilhados em vários canais, mas precisam ser bem planejados para atingirem o público certo em cada etapa do funil de vendas.

É bem simples na verdade: se você tem um site, blog, perfil no Facebook, conta no Instagram, canal no YouTube, usa e-mail marketing ou outros meios digitais para chegar ao seu público (estamos citando só os mais conhecidos), o marketing de conteúdo já faz muito sentido para você.

Se você não produz conteúdo, sua presença digital se torna apagada, desinteressante e principalmente ineficiente, seja no engajamento do público ou na geração de vendas.

Acredite: o marketing de conteúdo vale a pena, pois com ele você pode ter um contato próximo e verdadeiro com o público e, provavelmente, muitas dessas pessoas vão se tornar clientes justamente por causa deste relacionamento que está sendo criado.

Informações interessantes e de qualidade para o marketing de conteúdo

Perfeito, até aqui já sabemos o que é marketing de conteúdo e que marketing de conteúdo funciona em canais digitais, que são todas as plataformas nas quais você interage com seu público. Porém, quais informações são consideradas relevantes para uma estratégia de marketing de conteúdo?

Pense em todos os assuntos que estão relacionados ao seu produto ou serviço e em como eles podem ser abordados. Veja no marketing de conteúdo exemplos que mais funcionam:

O marketing de conteúdo busca atrair as pessoas através do interesse real, gerando valor, para que sua marca crie uma percepção positiva para as pessoas que estão consumindo aquele material. (Aproveita e clica aqui para conferir ideias de conteúdo para aumentar sua audiência!)

É por isso que o foco da estratégia, principalmente no início, é ensinar a usar, tirar dúvidas, explicar detalhes e mostrar os diferenciais. Estas são informações determinantes para que as pessoas percebam o valor do seu produto/serviço.

E, claro, como sua empresa ou você ajudará a educar o público, as chances de negócios se concretizarem aumentam muito.

Veja no marketing de conteúdo como fazer uma boa estratégia

No marketing de conteúdo, fazer uma ação interessante envolve quatro momentos muito importantes de contato com o público: atração, conversão, venda e encantamento.

Diferentemente do marketing tradicional, no qual a relação se encerra na venda, na estratégia de marketing de conteúdo, estamos acima de tudo criando um relacionamento sólido e duradouro com os clientes. Veja as etapas:

Atração – A primeira etapa é atrair o seu público com assuntos que são relevantes e, para descobrir isso, você pode usar uma ferramenta como o planejador de palavras-chave do Google ou o Google Trends.

Conversão – Neste segundo momento, o marketing de conteúdo é voltado para que as pessoas que consumiram seu conteúdo, entraram no blog, visitaram seu canal no YouTube ou baixaram seu e-book, tornem-se leads e potenciais compradores.

Venda – Agora que você tem o contato mais próximo dos interessados, como o Whatsapp ou o e-mail, o marketing de conteúdo deve se voltar para oferecer informações importantes para a tomada de decisão, quando o potencial cliente enxerga que seu produto ou serviço realmente vai resolver o problema que ele tem.

Encantamento – O cliente comprou, você fez a venda, todo mundo está feliz! Porém, seu trabalho com o marketing de conteúdo ainda não acabou, pois para criar um relacionamento longo e produtivo, capaz de gerar novas vendas, é importante saber o que o cliente achou do produto ou serviço, além de oferecer mais materiais de interesse sobre o que ele acabou de adquirir!

Veja que o marketing de conteúdo é uma estratégia completa e, por isso, muito eficiente para empresas digitais e lojas virtuais.

Como fazer marketing de conteúdo você mesmo!

Para você começar, é importante abastecer o seu público com materiais relevantes e diferenciados. Sem brincadeira, não fique oferecendo mais do mesmo.

Tente ser inovador no conteúdo, explorar o que não foi explorado ou, quando trouxer um assunto que já tem sido muito explorado pelos concorrentes, oferecer um ponto de vista exclusivo, algo que realmente gere mais valor para o público.

Além disso, o marketing de conteúdo precisa de um bom SEO, de um estudo de palavras-chave, com a definição dos termos que são mais procurados nos buscadores pelos potenciais clientes.

Como você vai oferecer um conteúdo relevante se não entende o que as pessoas estão querendo saber? Um exemplo simples:

Sua loja vende camisetas de personagens, você está postando no Instagram os últimos lançamentos, mas o público está pesquisando muito sobre “camiseta manga longa”, por que está fazendo muito frio!

No marketing de conteúdo, é preciso que haja uma conexão entre o seu conteúdo com o interesse das pessoas!

Mantenha também uma frequência nas postagens nos seus canais, torne essa tarefa parte do seu negócio e das suas ações de vendas. Não deixe para atualizar o blog, redes sociais, newsletter, e-mail marketing e outros canais somente quando sobrar tempo. Raramente sobra tempo, essa é a verdade.

Por último, utilize seu conteúdo diferenciado e de qualidade para comover as pessoas, ofereça a melhor informação que você tem com o real objetivo de ajudar e educar o público.

As vendas são uma consequência natural do marketing de conteúdo e os frutos vão começar a aparecer de forma gradativa, conforme você for engajando as pessoas interessadas no seu negócio!

O que é marketing de conteúdo para canais digitais?

Nos canais digitais, o marketing de conteúdo funciona para atrair, engajar, educar, informar e influenciar na tomada de decisão de compra do lead, o potencial cliente que mostrou interesse sobre o assunto, seja um produto ou serviço.

Em plataformas digitais e canais na internet, uma boa estratégia de marketing de conteúdo envia materiais informativos de qualidade para o público interessado.

Entre os mais comuns e que são muito usados pelas pessoas e empresas que sabem o que é marketing de conteúdo e quais são seus benefícios, estão os seguintes:

As empresas digitais já estão acostumadas com o marketing de conteúdo e não estão mais tão apegadas ao ROI – Retorno Sobre Investimento gerado pela estratégia. Elas já sabem que se trata de uma maneira de posicionamento da marca no mercado e que o Marketing de Conteúdo é importantíssimo para a geração de vendas.

Porém, com a evolução das ferramentas e das estratégias de Marketing Digital, não basta saber o que é marketing de conteúdo, é preciso utilizar as melhores práticas para ter o resultado esperado.

Como funciona o marketing de conteúdo através de técnicas eficientes

Desde 1895 até agora, houve uma transformação muito importante sobre o que é marketing de conteúdo em sua aplicação real, principalmente por causa de um componente decisivo e diferencial: a tecnologia!

Quando o marketing de conteúdo era feito em canais off-line, como revistas, por exemplo, era impossível obter dados e métricas que pudessem dar uma visão muito precisa sobre o feedback do público.

Agora, com o marketing de conteúdo digital, alguns parâmetros se tornaram importantes para a criação da estratégia e o planejamento.

Isso significa que não basta preparar um material com muita informação, é preciso analisar se o público está consumindo e em qual etapa da jornada de compra ele utiliza cada material fornecido.

Agora, ao invés de saber superficialmente o que é marketing de conteúdo, as práticas mais eficientes vão mais profundamente no tema, e precisam de planejamento de ações, dados estratégicos, neutralização de objeções, métricas tangíveis e benchmarking.

Vamos trabalhar com estes conceitos que estão intrinsecamente ligados ao que é marketing de conteúdo atualmente.

Benchmarking e marketing de conteúdo

Veja como os seus concorrentes estão elaborando estratégias e materiais para marketing de conteúdo, certifique-se de que elas são viáveis para você e aposte em alguns diferenciais para se destacar.

Não crie conteúdos apenas por criar, não copie conteúdo do concorrente, seja autêntico em sua maneira de se comunicar e tente oferecer informações que possam ser novidades para o público. Inovação também é importante para o marketing de conteúdo!

Métricas tangíveis e marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo tem vários exemplos de sucesso em vendas com redução de custos para aquisição de clientes e aumento de taxas de conversão. É importante saber quais posts ou vídeos são mais lidos ou assistidos pelo público, quantas visitas seu blog tem por mês, entre outros dados tangíveis que são muito relevantes para a estratégia.

Este é o grande diferencial do marketing de conteúdo nos dias de hoje, em meio à revolução digital, comparado com o método usado pelas revistas, jornais impressos e até mesmo rádio e TV: a internet permite ter métricas tangíveis.

Os relatórios mostram que o marketing de conteúdo é essencial para gerar mais negócios, vendas e criar relacionamento com o público. Além disso, se um assunto faz mais sucesso, invista na produção de mais material sobre ele!

Uso de dados para marketing de conteúdo

As estratégias em campanhas e ações de marketing de conteúdo são elaboradas com base em dados. Por exemplo: quantas vendas foram geradas através de resultados orgânicos?

Quanto foi possível economizar em mídia paga por causa dos leads gerados através de posts no blog ou em publicações e interações nas redes sociais? Estes são dados que devem ser usados para melhorar a estratégia de marketing e de vendas.

Os leads gerados, em geral, estão vinculados com a maneira como a sua empresa trabalha com o marketing de conteúdo, principalmente por que estes consumidores passam a enxergar uma marca como autoridade no assunto, seja em produto ou serviço.

O que é marketing de conteúdo a partir de métricas para planejar ações

O marketing de conteúdo digital depende de métricas para ser ainda mais eficiente. Porém, quais destes indicadores são importantes para suas publicações?

Separamos os principais para você ficar de olho. Veja:

Percebeu que, para saber o que é marketing de conteúdo de verdade, você vai precisar fazer um mergulho em um universo imenso, com muitas informações, dados, métricas, conceitos e ferramentas?

Marketing de conteúdo para blog e a estratégia do funil de vendas

O marketing de conteúdo para blog, voltado para a jornada de compra do cliente através do funil de vendas, é uma da maneira mais eficiente e com ótimo custo x benefício para a conversão de leads.

Prospecção e geração de leads

Na etapa de prospecção, para gerar o primeiro contato do prospect com a empresa, o marketing digital aposta em diversos canais, como redes sociais, landing page ou um formulário de contato no blog post, por exemplo.

Neste caso, o marketing de conteúdo se une à equipe de inside sales com um objetivo claro: geração de leads, a primeira etapa do funil de vendas no marketing digital.

Qualificação dos leads gerados

Agora que a empresa já possui o contato do cliente, a segunda etapa do funil de vendas consiste na qualificação do prospect. Neste caso, a equipe de vendas oferece um rico material para comprovar que o produto ou serviço realmente soluciona a dor do cliente.

Como comprovar que seu serviço ou produto funciona de verdade? Com o marketing de conteúdo, com blog posts, infográficos, slides, vídeos, depoimentos de clientes, entre outros materiais.

Personalização

A venda personalizada é um dos grandes diferenciais do time de inside sales de uma empresa. Por isso, a recomendação é pedir para o time de marketing digital preparar um conteúdo exclusivo para cada realidade, necessidade e dor de cada cliente qualificado. Isso aumenta muito as chances de conversão!

Negociação e fechamento

Nas etapas finais do funil de vendas, o time de inside sales pode pedir para a equipe de marketing de conteúdo dados mais precisos para a tomada de decisão do cliente.

Enfim, comparações que mostram que o produto ou serviço geram mais resultados, redução de custo, agilidade na operação e economia de recursos, inclusive humanos. E o que o marketing de conteúdo para blog tem a ver com o funil de vendas?

Em times menores, geralmente startups e empresas que não possuem um departamento interno de marketing digital, o marketing de conteúdo para blog é a principal ferramenta para a nutrição dos leads.

Como não é possível ficar elaborando materiais personalizados para cada negociação, o marketing de conteúdo no blog se encarrega de ter posts para topo, meio e fundo de funil.

Topo de funil de vendas – Conteúdos para a fase referente à prospecção.

Meio de funil de vendas – Conteúdos para qualificação dos leads e apresentação da solução do problema do cliente.

Fundo do funil de vendas – Conteúdos que influenciem na tomada de decisão, como redução de custos, aumento de produtividade, com gráficos, dados e outros comprovantes.

Temos vários cases de sucesso em estratégias de marketing de conteúdo para blog. Clique aqui para receber o material.

Marketing de conteúdo no Instagram

O Instagram bateu a marca de 1 bilhão de usuários ativos em 2018 e se tornou uma das redes sociais mais populares do mundo, talvez a principal mídia digital para a divulgação de produtos e serviços do Brasil. Por isso, é essencial planejar o marketing de conteúdo do Instagram em uma estratégia completa.

Além de escrever um post para Instagram que tenha uma mensagem clara, direta e fácil de entender, é importante adotar o tom correto de acordo com o perfil da empresa.

Por exemplo: uma empresa de geração de conteúdos e entretenimento, como a Netflix, costuma se posicionar com o marketing de conteúdo no Instagram de maneira mais descontraída, com algumas sacadas inteligentes e comentários bem humorados.

Agora, uma fabricante de medicamentos ou de peças de aço, com certeza vai trabalhar o marketing de conteúdo no Instagram de maneira mais séria, com dados mais precisos e informações técnicas sobre os produtos.

Marketing de conteúdo: Instagram e hashtags

As hashtags são muito importantes na estratégia de marketing de conteúdo no Instagram. Elas são correspondentes às palavras-chave e ao SEO de um blog post, por exemplo.

Por isso, é importante pesquisar quais são as hashtags mais usadas como hyperlink de um determinado segmento de negócio ou produto.

No caso de promoções especiais, você mesmo pode criar uma hashtag exclusiva para engajar o seu público com o marketing de conteúdo no Instagram.

Faça postagens programadas através de um calendário

Tenha sempre um calendário fixo de postagem para sua estratégia de marketing de conteúdo no Instagram. Nós costumamos sugerir postagens no feed sempre às segundas e quintas, além de postagens eventuais quando algo importante acontecer.

Os stories podem ser abastecidos com mais frequência e, dependendo da estratégia de marketing de conteúdo no Instagram do cliente, pode ser até todos os dias, desde que seja com conteúdo interessante.

Padronização das postagens

O Instagram é uma rede social muito visual, por isso a disposição das cores, qualidade das imagens, o uso da logomarca, entre outros elementos visuais devem estar contextualizados com a estratégia de branding da empresa.

Neste caso, o marketing de conteúdo para Instagram depende de uma estratégia conjunta com o time de design e outros profissionais de marketing digital.

Marketing de conteúdo para e-commerce e lojas virtuais

O marketing de conteúdo para e-commerce, usado em lojas virtuais, tem uma função muito especial e fundamental para a realização de vendas: a descrição de produtos. Por incrível que pareça, é nos textos menores, mais concisos e diretos, que o SEO se torna muito necessário e ainda mais difícil de ser trabalhado.

Nos nossos cases, você vai encontrar descrições pequenas e maiores de produtos de vários segmentos, entre eles o de tecnologia. Se for do seu interesse receber este material, clique aqui.

Seguindo adiante, várias informações são indispensáveis no marketing de conteúdo para lojas virtuais, já que os clientes precisam saber todos os detalhes do produto através da descrição.

A distância, bem como a impossibilidade de pegar o produto, deve ser preenchida com um marketing de conteúdo para lojas virtuais muito bem organizado. Entre as informações que não podem faltar, estão as seguintes:

Descrição de experiência e usabilidade: explicar com o marketing de conteúdo para e-commerce o que o usuário vai sentir e perceber com o produto ou serviço, como contato, facilidade de manuseio, encaixe, ergonomia, suavidade, entre outros.

Quer ver um marketing de conteúdo exemplo?

O marketing de conteúdo para a descrição de produtos como camisetas, por exemplo, pode dizer que o contato do algodão com a pele é muito macio e confortável, que o produto permite à pele respirar melhor, que o tecido não causa alergia e dá a sensação de liberdade para os movimentos. Lendo essa descrição de produtos, dá muita vontade de experimentar, não é mesmo?

Descrição das características técnicas: usar o marketing de conteúdo para lojas virtuais para apontar todos os detalhes técnicos que são essenciais para o cliente, entre os quais estão peso, material, prazo de validade, conectividade, tamanho, entre outros detalhes.

Vamos a outro marketing de conteúdo exemplo:

No caso do marketing de conteúdo para descrição de produtos, se for um smartphone, faz muito sentido saber o sistema operacional, capacidade de memória, câmera, tamanho de tela, leitor de digital e muito mais informações.

O marketing de conteúdo para descrição de produtos também pode atender à linguagem de uma marca para criar um efeito de persuasão maior com o público.

No caso das camisetas, por exemplo, a descrição pode ser mais divertida e descontraída. Se for um smartphone, o trabalho de marketing de conteúdo também pode ter o tom mais descontraído, próximo do público que usa a tecnologia.

Caso a descrição de produtos em marketing de conteúdo seja voltada para medicamentos, por exemplo, a descrição deve ser objetiva e formal, entregando informações técnicas, modo de usar, composição, entre outras informações obrigatórias.

E o SEO? Pode ser usado em todos estes exemplos de descrição de produtos e marketing de conteúdo? Sem dúvidas!

Os textos que possuem densidade de até 10% de palavras-chave posicionadas corretamente garantem uma boa resposta nos buscadores. É preciso trabalhar com os termos mais buscados pelos clientes no Google, por exemplo.

Outra dica fundamental: independentemente do tipo de conteúdo que você decida produzir, faça sempre a análise e a mensuração dos resultados. Isso te ajudará a fazer ajustes nas estratégias e vai permitir que você atinja cada vez mais membros da sua audiência.

Tenha, pelo menos, uma métrica de sucesso para o seu conteúdo, como: número de likes, compartilhamentos, posicionamento, alcance, número de visitas, etc. Tente sempre perseguir o alcance dessa métrica.

Você viu que o marketing de conteúdo é realmente um campo de conhecimento muito extenso, não é mesmo? Se quiser receber mais material sobre este assunto, entre em contato com a equipe da Click Textos.

Gostou do conteúdo? Então, compartilhe com os amigos e continue acompanhando nosso blog! Vamos fazer um especial de postagens dedicadas ao Marketing de Conteúdo, com absolutamente tudo que você precisa saber sobre essa estratégia. Aproveite também para entrar em contato com a nossa equipe!

Data: 08/09/2020

Voltar

Fale conosco

Formas de Pagamento

Criado por Sites & Cia

2020 | Click Textos - Agência de Conteúdos