Marketing Digital: o que sua marca precisa fazer para decolar em 2021

Em 2020, muitos negócios que atuavam apenas no offline se viram obrigados a investir em tecnologia e transformação digital para continuarem atendendo seus clientes em um cenário de pandemia e isolamento social.

Foi a primeira vez que a nossa geração se viu obrigada a mudar a rotina, o estilo de vida, o consumo, a maneira de trabalhar e interagir socialmente por causa de uma doença com alto potencial de propagação. O coronavírus certamente nos pegou de surpresa e exigiu mudanças e ações rápidas em todos os setores das nossas vidas.

O crescimento das compras online, dos aplicativos de delivery, das soluções de vídeo streaming e de tantas outras tecnologias impulsionou também o mercado de Marketing Digital. Com mais consumidores online, as marcas tiveram que inovar e planejar campanhas digitais para a atração, engajamento e fidelização de clientes.

Em 2021, esse movimento de digitalização dos negócios vai continuar e, como consequência, as estratégias de marketing digital se tornarão ainda mais importantes para os resultados das empresas.

Por isso, separamos para você um guia de marketing digital com informações condensadas sobre ações que seu negócio deve adotar em 2021 para decolar e crescer. Confira! São dicas para melhorar a geração de leads e os resultados em sales.  

1 - Redes Sociais

Os brasileiros amam as redes sociais e é inegável o poder de persuasão e atração que essas ferramentas têm sobre seus usuários. Por isso, o uso das redes sociais para retenção e engajamento de clientes será fundamental em 2021.

A pandemia de coronavírus aumentou de forma expressiva o tempo que as pessoas ficam online, e as marcas devem aproveitar isso a seu favor. Ter um planejamento de conteúdo para publicações, fazer posts regularmente e apostar no monitoramento das respostas dos seguidores e na interação qualificada são iniciativas que determinam a efetividade do marketing digital nas redes sociais.

2 - Conteúdos mais interativos

Usar elementos interativos nos conteúdos produzidos, no site, no e-commerce e nas redes sociais também é uma boa forma de engajamento e retenção de clientes. Por exemplo: oferecer provador virtual de roupas, calculadoras, jogos, vídeos online, quizz, concursos culturais, pesquisas de opinião, sorteios, enquetes, experiências imersivas com realidade aumentada, realidade virtual ou realidade mista, etc.

3 - SEO Local

Pequenas e médias empresas que não possuem um orçamento muito grande para investir em marketing digital podem apostar no SEO Local para obter ranqueamento no Google e em outros buscadores. Clínicas, oficinas, papelarias, mercadinhos, restaurantes e outros negócios que atuam em bairros ou regiões específicas de uma cidade, por exemplo, podem usar o Google Meu Negócio para ficar em evidência nas buscas por geolocalização e atrair mais clientes.

Sabe quando alguém pesquisa no Google algo como "Restaurante Japonês em Moema" e aparecem resultados em destaque com um mapa indicando a localização, o horário de funcionamento, as opções de entrega, o endereço e o número de estrelas que o estabelecimento possui? Então, isso é um resultado de SEO Local e, pode acreditar, aparecer ali traz muitos clientes para os negócios, especialmente quando eles possuem boas avaliações.

O lado bom é que o Google Meu Negócio é uma ferramenta gratuita, basta se cadastrar, criar um perfil de negócio, fazer a verificação da empresa junto ao Google e postar as informações do seu negócio. A solução do Google mostra informações valiosas para os usuários, como horário de funcionamento do negócio, média de preços, promoções, avaliações de clientes, serviços e localização geográfica com rotas do Google Maps.

4 - Marketing de conversação

Também chamado de marketing conversacional, o Marketing de Conversação consiste em reduzir o ciclo de venda por meio da comunicação direta e humana entre cliente e empresa, ou seja, oferecer uma boa experiência de atendimento ao cliente.

Muitas empresas limitam essa estratégia à implantação de chatbots em seus sites, mas isso nem sempre é suficiente. Ao utilizar apenas a solução de inteligência artificial no atendimento, a empresa pode gerar frustração no cliente que deseja ser assistido por uma pessoa, e não por um robô.

O objetivo do marketing de conversação é humanizar o atendimento usando ferramentas de comunicação e engajamento imediatas, com uma boa dose de personalização. Além dos chatbots, o diálogo também pode ser estabelecido por e-mail, telefone e pelas redes sociais.  

Aliás, as redes sociais são um excelente canal para isso. Para tanto, as empresas devem responder aos comentários e mensagens de seus seguidores rapidamente e evitar que os clientes tenham que esperar muito para terem suas solicitações atendidas.

Essas são algumas ideias de estratégias de marketing digital que sua empresa pode usar em 2021. Continue acompanhando nossos conteúdos para mais insights e dicas!

Data: 06/01/2021

Voltar

Fale conosco

Formas de Pagamento

Criado por Sites & Cia

2021 | Click Textos - Agência de Conteúdos